Concurso de Modelo – Sonho & Realidade

Concurso de modelo é um dos caminhos de acesso para quem deseja ingressar na carreira fashion. Muitos modelos de renome já foram revelados através de concursos, inclusive a Gisele.

Existem diversos concursos com formatos e pesos diferentes. Eles podem acontecer apenas a nível municipal, expandindo-se até o nível mundial.

Essa é uma opção válida para quem deseja dar os primeiros passos e conhecer um pouco mais sobre a carreira de modelo.

Apesar de ser a forma mais “glamourosa” e muitas vezes mais rentável de se começar, ela não é e nem deve ser a única aposta para os aspirantes a modelo.

Os concursos de modelos passaram a ganhar força com o surgimento do concurso Elite Model Look no ano de 1984, considerado hoje o maior concurso de modelo do mundo. Esse é um concurso oficial da agência internacional de modelos Elite Model Management.

A agência Elite e consequentemente o concurso, são obras de uma grande lenda do mundo da moda, John Casablancas. Casablancas foi responsável por inovar de diversas formas no segmento. Foi ele o responsável por cunhar o termo Top Model.

O concurso Elite Model Look recebe todo o ano em média de 300 mil inscrições ao redor do mundo e já revelou nomes como: Cindy Crawford, Tatjana Patitz, Stephanie Seymour, Karen Mulder e Gisele Bündchen.

Quem ganha o concurso mundial recebe como premiação um contrato com a agência Elite de 375 mil dólares em trabalhos.

O Elite Model Look não foi o primeiro curso de modelos da história, mas foi responsável por uma verdadeira revolução e atualização de alguns padrões/ perfis daquela época.

Desde então, muitos outros concursos surgiram e ganharam força ao redor do mundo. E ano após ano continuam servindo como porta de entrada para novos modelos ao mercado da moda.

O primeiro lugar no concurso nem sempre é garantia de sucesso. Utilizando novamente o exemplo do concurso Elite Model Look, várias ganhadoras do concurso brasileiro e mundial permaneceram ilustres desconhecidas.

Já algumas modelos que venceram em outras posições conseguiram destaque no mundo fashion nacional e internacional.

É o caso da Gisele Bündchen, Michelle Alves e Isabeli Fontana que ficaram respectivamente no segundo (1994), segundo (1996) e terceiro (1996) lugares no Elite Model Look – etapa brasileira.

Desta forma, consegue-se fazer uma breve análise de que não existe um padrão, um caminho mais ou menos certo para começar.

O que de fato vai importar é sua capacidade e disponibilidade para enfrentar todas as adversidades exigidas pela profissão.

Profissionalismo, resiliência, disciplina, dentre outros atributos, que não a beleza, irão fazer com que você conquiste o seu espaço e alcance os seus objetivos.

FONTE. https://modeltomodel.com.brEverton Henke

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: