Medo de perder o emprego por causa da pandemia: Veja dicas para lidar com a situação.

Entre as muitas realidades que vivemos no contexto atual, há o medo de perder o emprego por causa da pandemia do novo coronavírus, o isolamento social foi uma das medidas tomadas para combater à doença. Em meios as incertezas econômicas e sociais que o país está vivendo, trabalhadores estão com medo de perder seus empregos, e os que já foram afetados pela a perca do trabalho, não sabem o que fazer para manter a saúde mental saudável neste momento de crise.
Há poucos dias a Organização Mundial do Trabalho (OIT) anunciou que a atual crise poderia deixar mais de 25 milhões de pessoas desempregadas em todo o mundo. Para a psiquiatra Luciana Farias, quanto maior transparência por parte da empresa (com feedbacks fiéis sobre os desafios e desempenho de cada um), mais fácil será para o profissional avaliar a situação de seu emprego.
“Quando o profissional não está seguro sobre o seu próprio desempenho, é natural que a pessoa possa ter medo de perder o emprego e sua estabilidade também será afetada. Caso não tenha um feedback do gestor, o profissional ficará inseguro e vai temer justamente por não saber a forma de como agir.” Explica Luciana.
Ansiedade e nervosismo.
Para, Luciana, em situações de incertezas o nível de ansiedade e nervosismo pode aumentar, fazendo com que os trabalhadores se irritem com mais facilidade. “Lidar com o estresse, a frustração, a irritabilidade (da própria pessoa e dos colegas) e ao mesmo tempo ter que alcançar as metas da empresa torna-se cansativo e ao mesmo tempo bem desgastante. As tensões e atritos entre os funcionários crescem e pode surgir os erros no trabalho e com isso acaba afetando a produtividade tanto da pessoa como da empresa.” Luciana Farias ainda lista algumas dicas de como as pessoa podem controlar a ansiedade e o medo neste período de pandemia. Confira.
1 – Mantenha-se otimista nos processos de crise. Pense sobre o que se ganha com a situação: que virtude estou aprendendo ou exercitando por meio dessa experiência?; será que estou tendo que aprender a ser mais paciente? Mais determinada? Mais humilde? Mais confiante? Toda experiência traz um aprendizado.
2 – Evite valorizar os problemas. Em processo de mudança organizacional é natural que surjam mais problemas do que o normal. Entretanto, reclamar o tempo todo não ajudará a solucionar os problemas, ao contrário, quanto mais você pensar e falar sobre os problemas maiores eles se tornarão. Procure focar na solução, pense de forma proativa e seja prático.
3 – Ler um livro pode ajudar tanto no desenvolvimento humano quanto no processo de aprendizagem e é um ótimo passa tempo.
4 – Procure interagir com a família e amigos. Fazer atividades com a família pode ajudar muito. Ajudar com o dever de casa dos filhos, criar brincadeiras lúdicas que incentivam os cuidados higiênicos, pegar um caderno de desenho com as crianças e interagir com as amizades são atividades que ajudam a relaxar.

Fonte: Via assessoria de Imprensa.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: