PORQUE O NOME JUREMA?

O nome Jurema é originário de uma árvore (Acácia Jurema), cujas raízes os pajés faziam uma bebida capaz de produzir sonhos adivinhatórios. Jurema é uma árvore muito conhecida no nordeste brasileiro.

São utilizadas a casca e a raiz macerada na água, vinho ou cachaça. É dessa planta que se origina o famoso “vinho da Jurema,” citado na obra “Iracema” de José de Alencar.

Através da Planta, os guerreiros de Araquém, entravam em comunicação com o mundo invisível. Há uma diversidade de significados abrangidos pelos usos da Jurema, passando pelos contextos indígenas, pela simbologia grega – Jurema a Fênix do sertão, ou seu consumo nas religiões afro, até os experimentalismos urbanos contemporâneos. Assim, nos anos 90, foi elaborado na Europa uma nova bebida feita a partir das cascas de raízes de Jurema (mimosa tenuiflora willd poir) e de sementes de arruda da Síria (Peganun Harmala). A essa beberagem se convencionou chamar, também de Jurema.

Diz a lenda que Maria, ao fugir dos soldados romanos para proteger o seu filho, Jesus, descansou a sombra de um pé de Jurema.

O nome revista JUREMA faz alusão a esta história tão diversamente cultural, forte e enraizada, assim como a alma da mulher!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: