Aretha Franklin-RAINHA DO SOUL

Aos 12 anos, Aretha Franklin deu a luz a seu primeiro filho. Aos 14, engravidou e pariu o segundo. Antes dos 15 anos, era mãe de dois meninos.Seu pai, o reverendo C.L. Franklin, ministro da Igreja Batista, era um homem severo, temente a Deus, anti-aborto, pró-família e anti-comunista (no auge do Macartismo nos EUA). O cidadão de bem C.L. Franklin também era fã de sexo grupal e organizava orgias em sua Igreja. Há, até hoje, a controvérsia de que religioso seria o pai do filho da própria filha, Aretha, submetida, aos 12 anos, a uma destas orgias na Igreja.Está tudo em “Respect: The Life of Aretha Franlkin”, biografia da cantora, lançada em 2014 por David Ritz.Mas tratemos do livro que o pai de Aretha Franklin adorava e fervorosamente citava de cor seus salmos – A Bíblia.A Biblia tem frequentado o noticiário nas mãos de adoradores fervorosos que sabem de cor os seus salmos.Sempre nas mãos de homens severos, tementes a Deus, anti-aborto, pró-família e anti-comunistas.Esteve na mão de candidato à presidência em debate eleitoral.Teve em redes sociais seus salmos clamados por Dr. Bumbum, indiciado por homicídio de uma cliente, e que exercia a medicina no Rio de Janeiro sem autorização.E também teve seu seu autor, Deus, citado diversas vezes, também em redes sociais, por Luis Felipe Manvalier, acusado de assassinar a esposa, a advogada Tatiane Spitzner. Todos homens severos, tementes a Deus, anti-aborto, pró-família e anti-comunistas.Mulheres costumam ser vítimas destes tipos. Mulheres negras, então, não se fale.Aretha Franklin, mulher e negra, ainda teve mais dois filhos, mais dois casamentos, com dois maridos que a espancavam sempre que lhes dava na telha.”Respect” é também o nome da canção que Aretha transformou em símbolo da luta das mulheres contra os abusos de homens severos, tementes a Deus, anti-aborto, pró-família e anti-comunistas.Se aproximam eleições gerais. Quem decidirá, no voto, nossos próximos governantes, serão justamente mulheres.Terão uma tarefa respeitável.Noventa por cento dos candidatos das próximas eleições são, justamente, homens severos, tementes a Deus, anti-aborto, pró-família e anti-comunistas.Merecerão eles o respeito que não dão a elas?Como cantava, Aretha, a dama do soul, mulher e negra:”R-E-S-P-E-C-TFind out what it means to me”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: